Twitter Feed Facebook Google Plus Youtube

03 outubro, 2016

Recomeçar Parauapebas!



FINALMENTE















A derrota do grupo no poder, permitindo o retorno de Darci é emblemático para Parauapebas e em si traz uma forte lição: cuidado com a coisa pública. Cuidado com o tempo. Tudo é muito rápido na gestão pública, tudo é literalmente para ontem quando se tem apenas quatro anos, sem possibilidade de reeleição.

A limpeza do ambiente deve ser providenciada o quanto antes pois Darci vai encontrar um ambiente devastado pelas más práticas administrativas e gerenciais. Vai encontrar um ambiente muito pior, mais caótico, viciado. Valmir e sua trupe se empenhou ao máximo em destruir o que pode e nesses noventa dias vai acabar com o que puder.

Depois a execução de rigoroso planejamento, vencidos os entraves financeiros e legais. O ambiente herdado é o da drástica redução na arrecadação, custos administrativos maiores e grande comoção na sociedade devido ao expressivo número de desempregados, de empresas fechando as portas e dos primeiros embarques da VALE do material retirado do S11D em Canaã. 

Esses fatores mudaram radicalmente a história de Parauapebas.

Valmir da Integral vai para casa sem o dever cumprido. Apenas realizou obras herdadas, distribuiu bilhões sem o devido retorno. Obras agora vazias devido a retração populacional que a cidade enfrenta. 

Sem sua presença executiva agora as investigações devem tomar corpo. Sem nunca apresentar uma prestação de contas a Câmara dos Vereadores, sua equipe e ordenadores de despesas construíram sua ruína.

Como isso será feito agora se restam apenas três meses, inclusive para o fechamento desse exercício?

Vai para casa e já vai tarde. Esperamos que os órgãos repressores não de por acabado as investigações e que Valmir pague por todos os irreparáveis danos causados ao patrimônio público de Parauapebas.