Twitter Feed Facebook Google Plus Youtube

22 junho, 2016

Parauapebas precisa vencer

TEREMOS
MAIS
CANDIDATOS?










A inercia do giro tão antigo quanto a vida dos planetas em torno do sol nos demonstra o quanto é difícil nomes recentes que se colocaram na rota da sucessão  a Valmir da Integral lograrem feito a sua intenção:  é inercial, não tem jeito. Jamais poderiam alcançar os cinco primeiros, Darci, Marcelo, Valmir, Chico das Cortinas e Flávio Veras, agora Adelson e Cláudio Almeida. Não tem para ninguém, é perda de tempo e de recursos. 

É, salvo a posse de polpudos recursos, tanto financeiros quanto intelectuais para entrarem na briga para ganhar. Não dá tempo, não há estratégia ou talento disponível. Com todo o respeito. É cósmico!

Vemos uma interessante movimentação ocorrer na ponta dessa corrida: Marcelo Catalão começa a consolidar seus votos e posição. Esperamos algo novo e torcemos que as coisas se definam da melhor forma para Parauapebas.

Claro que Chico das Cortinas é um exemplo de perseverança e possibilidades. Um homem forte e heroico, um exemplo a ser admirado. Fez de Parauapebas uma cidade, permitiu Canaã seguir seu destino. Seria o nome dessa vez se tivesse os recursos lá atrás. Sempre torcemos pelo sucesso de Chico das Cortinas, sempre.

Mas agora, a pré campanha chegando ao final, entramos na campanha de fato. Quem largar na frente não será ultrapassado, teremos um final apertado. Parauapebas tem que vencer.