Twitter Feed Facebook Google Plus Youtube

02 março, 2016

O antigo Partido dos Trabalhadores continua na sua autodestruição



VAIADOS
Há comentários sobre lágrimas, vergonha, cinismo e revolta. Será?










Como o PT se arrasta na lama assim. Hoje apenas um retrato desfocado dos anos de luta e construção.




Posso sentir a tremenda frustração que pessoas como aqueles vaiados sentem neste momento. E sendo pessoas tão más e sem caráter, imagino a revolta e a fé convicta de que o povo não merece. Que tem que ser corruptos sim, esta massa é desse jeito, vaiam e não importa as noites sem sono, os sustos...
Mas a delicia é que foram vaiados e mesmo acreditando serem deuses, desceram ao vil, ao id geral das massas iletradas, famintas, desempregada e dependente. Os carneiros que até para votarem precisam ser conduzidas estão se rebelando e não querem entrar no curral. Nesse curral não, desse bando de mentirosos covardes?

E na Palmares I, domínio e feudo do fake Miquinhas, cujo mal caratismo e perversidade chegam ao extremo quando  reúne aqueles pobres coitados para prestar contas. Que contrassenso covarde: como prestar contas do não esclarecido? Entram as terras, as posses, os bens e tudo o mais que sabemos que acumula? Os contratos com a Secretaria de Agricultura,  os acordos com a SAAEP, será que se tem ao menos uma linha? Acredito que não.

Mas o passo em falso foi dado com a presença do Valmir. O que fazia Lulu Bergantin ali, convidado por quem e para que? Seria mais uma estripulia do Vanterlor visando unicamente baixar a bola do velho, impor garrotes e novos controles.? Vai sorrir e divertir-se como sorriu das palavras vãs do vereador Pavão?

Afinal o que esta por trás das vaias a Valmir e ao PT? Seria o pé-na-bunda que deram ao Darci, então um dos candidatos com reais chances de tirar o segundo mandato do algoz prefeito?

Ou seria algo que Valmir esta demorando a ceder e precisou de um corretivo, umas palmadas para ceder? Seu partido esta destruído e ele esta a mercê do antigo “Partido dos Trabalhadores”, a mercê e a reboque. Não tem mais ninguém dizimou todos que o acolheram ou ajudaram. Vai entender Lulu Bergantin... ou Valmir da Integral.

Mas bem feito. Muito bem feito. Pode não significar nada, mas a derrocada dos grandes mentirosos começa assim: uma vaiinha aqui, uma, vinte denuncias com provas por lá, uma evidencia irrefutável por ali e assim vai-se fechando o cerco, vai-se buscando solução para o antes blindado e protegido.

Mas esse tipo de gente não sofre. Antes, infligem sofrimento e bastante. Nem é o que levam para casa. É muito mais o que tiram das pessoas comuns, dos que sofrem e dependem. É injusto e terrível e vaia ou qualquer outro sofrimento infligido a estes caras  não basta. São muito sorridentes para tanto sofrimento e dor.

Talvez a redenção tenha começado pela Palmares I. A emblemática e complicada Palmares I. Veremos.