Twitter Feed Facebook Google Plus Youtube

10 outubro, 2015

Uma sociedade muda. Pasma!



COMPETENCIA
“Estamos envoltos em loucura e incompreensão.”














Demitir os competentes e colocar a escoria no seu lugar. É ato de gestores incompetentes, vingativos e covardes.  Demitir uma diretoria que fez seu trabalho com louvar e tentar denegri-los é mais que maldade: é corrupção moral e social. Vão-se os melhores neste caso. A tremenda transformação porque que se passou a captação e distribuição de água em Parauapebas fez do SAAEP uma figura impar numa gestão tresloucada. Sergel é o pai dessa transformação, em conjunto com Gesmar. Foi demitido por procuração. Exigiram-lhe seu cargo como se fosse nada, como se nada tivesse sido feito e o pior, como a população não enxergasse o líder e o operário que atendia, aumentava a arrecadação, entregava serviço.

Defendia o governo, o SAAEP e seus recursos. Nos últimos dias estava na televisão, rádios, defendendo o governo e seu  trabalho. 

Não adiantou. Não resolveu. Queriam seu cargo e pronto. Parar tudo por questões estritamente pessoal,  é este o mote? 

É a tônica desse desgoverno perverso, que apenas o judiciário não o enxerga como tal.

Hoje há uma paralisia, uma nefasta aproximação entre os órgãos fiscalizadores e a gestão. É uma aproximação estratégica para o Valmir e seu bando, obter a consultoria de quem deveria estar investigando. 

Comentamos esta estratégia de manutenção de poder e o judiciário caiu, passou a apoiar porque o bandido passou a consultar se podia ou havia permissão para cometer o crime. É estratégia e os órgãos reguladores não deveria ouvir ou apoiar investigados. 

São criminosos e cometeram crimes. Como um procurador de justiça pode aceitar um convite para participar ou dar o aval a uma licitação seguramente fraudada? Este governo fraudou tudo que fez ate agora, a recorrência de atos errados ou criminosos  assustam a qualquer um.

Lamentável.

Ao ler este link vocês ficarão arrepiados, porque da medo. Será que chegamos assim, tao fundo no poço?


Até quando vamos assistir esta tragédia no nosso quintal e nossa casa?
Infelizmente, enquanto isso...